LINKS RECENTES
Loading...

O BOM LAVRADOR

Meus filhos, não sejam negligentes agora, pois o Senhor os escolheu para estarem diante dele e o servirem, para ministrarem perante ele e queimarem incenso. (II Cr 29:11). 
Não sejamos negligentes! Este é o apelo do rei Ezequias aos ministros.
Negligência é o mesmo que incompetência, imprudência, relaxo, descaso, desdém e omissão. O profeta Jeremias mostra que a maldição é reservada aos ministros negligentes: Maldito aquele que fizer a obra do Senhor negligentemente (Jr 48:10). O que se espera de um escolhido do Senhor é a excelência. O profeta Daniel é descrito como um homem que tinha esta característica: porquanto se achou nesta Daniel um espírito excelente (Dn 5:12). Precisamos buscar o mesmo espírito de excelência que embasava a vida de Daniel.

O Novo Testamento ensina que todo cristão autêntico é um escolhido. Por exemplo, Rm 8:33 afirma: Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica. Pedro afirma em I Pe 2:9, que somos povo eleito e nação santa. Em Col 3:12 somos chamados de eleitos, santos e amados. É um privilégio ser contado como um escolhido do Senhor!

 A Bíblia nos ensina a termos excelência em tudo o que fazemos. Encontramos este princípio em Col 3:23 e 24: Tudo o que fizerem, façam de todo o coração, como para o Senhor, e não para os homens, sabendo que receberão a recompensa da herança. É a Cristo, o Senhor, a quem vocês estão servindo. Este mesmo princípio nos leva a somente nos envolvermos naquilo que é aprovado pelo Senhor.

Somos do Senhor! Não sejamos negligentes! O bom lavrador faz tudo com excelência, como para o Senhor.

0 comentários: