LINKS RECENTES
Loading...

AJUSTAMENTO SEXUAL NO CASAMENTO, A LUZ DA BÍBLIA

REFLEXÃO DO BLOG


Há muitos casais cristãos que ainda não aprenderam o que a Bíblia realmente diz acerca do sexo, de como desfrutar plenamente o que Deus planejou para o marido e esposa. Segundo Masters Johnson, pelo menos 50% dos casamentos são prejudicados por alguma forma de desajuste ou disfunção sexual. Em algumas situações os problemas sexuais surgem primeiro e produzem as discórdias conjugais.

1- O CRISTÃO E A SEXUALIDADE
A Bíblia aborda o assunto desde os seus primeiros capítulos como em (Gn 1.27,28; 2.24; Pv 5,7 e entre outros) e histórias específicas:
Sansão e Dalila (Jz 14 e 16);
Davi e Bate Seba (2 Sm 11 e 12);
José e a mulher de Potifar (Gn 39);
Amnon e Tamar (2 Sm 13).

2- A SANTIDADE DO SEXO NO CASAMENTO
Antes da queda, o homem conhecia e desfrutava do ato conjugal, Gn 1.28,31: 2.24. É bom lembrar que a queda acontece no cap. 3 de Gênesis. No cap. 13 e versículo 4 do livro de Hebreus está escrito: “Digno de honra seja entre todos o LEITO sem macula…” Aqui a palavra LEITO no grego é (KOITE), que significa a implantação de espermatozóide.

3- QUAIS SÃO AS BÊNÇÃOS QUE DEUS PLANEJOU PARA O CASAL ATRAVÉS DO ATO CONJUGAL?
§ A benção do companheirismo.
§ A benção da unidade física, emocional e espiritual.
§ A benção da procriação.
§ A benção do prazer e gozo conjugal.

4- O QUE O SEXO SIGNIFICA PARA O CASAL.
1. Satisfaz seu instinto sexual;
2. Satisfaz o seu senso de masculinidade ou feminilidade;
3. Proporciona-lhe relaxamento do sistema nervoso
4. Aumenta o seu amor pela esposa ou esposo;
5. Reduz as tensões no lar;
6. Proporciona a mais emocionante experiência da vida conjugal;

5- OBSTACULOS A FELICIDADE CONJUGAL.
1. Muita critica e pouco elogio;
2. Ressentimento acumulado,
3. Insegurança quanto aparência física;
4. Ser expectador durante o ato;
5. Não dar valor devido ao sexo;
6. Falta de sensibilidade;

6- O AJUSTAMENTO SEXUAL.
1. O processo de aprendizagem depende de: tempo; (nenhum casal tem atuação perfeita na cama no começo). Compreensão, paciência, estudo, experiência,discussão franca.
“se sua relação com o parceiro não é tudo o que você espera que seja, o problema, na maioria dos casos, não é a relação sexual, mas o relacionamento.”

7- EFEITOS DOS PROBLEMAS SEXUAIS NO CASAMENTO.
1. Incapacidade de realização. Alguns problemas mais comuns no casamento nessa área:
§ Frigidez ou “disfunção pré-orgásmica”. (Incapacidade ou negativa da mulher em experimentar o prazer sexual em sua plenitude, inclusive o orgasmo).
§ Impotência. (Incapacidade do homem de chegar ou manter ereção com a finalidade do intercurso sexual).
§ Ejaculação prematura. (Ejaculação do sêmen com conseqüente perda da ereção, imediatamente antes, ou logo depois do início da relação sexual).
2. Diminuição da auto-estima. A auto-estima e a capacidade sexual no geral andam juntas, especialmente nos homens. Se o ato sexual não é satisfatório, o marido e a mulher podem ter dúvidas quando à sua competência sexual – Tais dúvidas às vezes são agravadas pelas “brincadeiras” do parceiro (a).
3. Escolha de Substitutos. Quando o sexo no casamento não é satisfatório, os maridos e esposas quase sempre se voltam para atividades substitutas. Estas incluem:
Ø Masturbação: Estímulo do próprio órgão genital até chegar ao orgasmo.
Ø Fantasias.
Ø Sexo extraconjugal. Infidelidade. O sexo com alguém que não seja seu cônjuge.

8- CAUSAS DOS PROBLEMAS SEXUAIS NO CASAMENTO
Muitas pessoas se aproximam do casamento esperando a liberdade sexual que tanto desejavam. Mas inúmeras destas mesmas pessoas ficam decepcionadas quando descobrem (às vezes na própria lua-de-mel; outras mais tarde) que o sexo no casamento não é tão excitante e agradável quanto pensavam ou esperavam. 

As causas são várias:
Má informação;
A fadiga, a pressa e a falta de oportunidade. A fadiga tem sido considerada como a causa mais comum do sexo insatisfatório. A relação sexual mutuamente agradável exige energia física e mental. Requer também uma atitude relaxada, sem pressa, que não se preocupa muito com o correr do tempo.
O tédio. Depois de estarem casados por algum tempo o casal acostuma-se um com o outro.
Atitudes culturais e experiências passadas. A sociedade em que a pessoa vive geralmente influencia as suas atitudes e comportamentos sexuais.
Causas físicas. Os problemas sexuais tem as vezes origens físicas, obesidade, diabete, baixo nível de energia.
Bloqueios psicológicos. Algumas pessoas se casam acreditando que logo se ajustarão sexualmente. Isto na maioria dos casos isto não acontece. Por quê?
Medo;
Embaraço;
Culpa;
Ira;
Cuidado com o tabu da olimpíada sexual, quantidade x qualidade.
Conflito Conjugal.
Causas diversas.
Preocupação com assuntos não sexuais como finanças ou tensões familiares;
Crenças religiosas inibidoras, tabus e mitos;
Excesso de trabalho na profissão ou outras atividades.
Dispareunia Dor que aparece nos órgãos genitais durante ou logo após as relações sexuais
Vaginismo é a contração involuntária da vagina e dos músculos que a envolvem, impossibilitando a penetração e a realização do coito.

9- QUANDO É QUE O CASAL DEVE SE ABSTER DO ATO CONJUGAL. (1 cor 7:3,4)
· Por consentimento mútuo. (Os dois concordam)
· Por tempo determinado pelo casal.
· Para oração.
· Por doença.

10- DICAS PARA OS DOIS FAZEREM AMOR E NÃO SEXO:
Dicas para os maridos
1) Se você acordou com alma desejosa por um encontro sexual diferenciado com sua esposa, dê um sinal a ela . Deixe um bilhete romântico, mande um email , passe uma mensagem celular.
2) Se a mulher se excita mais com que ouve, sussurre nos ouvidos da sua amada, palavras que externe seu apreço, admiração, afeto, amor e carinho... pv 5: 15
3) Gaste tempo com toques, afagos, abraços e beijos antes do coito, sejam pacientes, Ct 1:2
4) Valorize perfume, os cremes, o banho o fazer a barba...
5) Não se concentre apenas no órgão genital da esposa. Descentralize o sexo. Há uma viagem a ser feita, lembre-se tudo na vida deve ser feito com criatividade (seja paciente).
6) Fique atento a tudo aquilo que possa desconcentrar a esposa, se porta e janela estão fechadas e etc.
Dicas para as mulheres
1) Ao perceber a intenção do marido, procure corresponder , a menos que você tenha uma razão que justifique adiar o encontro sexual.
2) Se o homem se excita mais pelo que vê, procure vestir-se de forma adequada para o seu amado.
3) Valorize o perfume, o bom hálito, os cremes preparem o ambiente.
4) Se o seu marido não é do tipo afetuoso, ele pode aprender com você. Não apenas lhe dê carinho toques e afago, mas verbalize sua necessidade de ser tocada carinhosamente. 
5) Seja feminina nas palavras, no comportamento no andar, no jeito de arrumar o cabelo.
6) Seja sempre linda, fique sempre para ele, bonita, bem arrumada, cheirosa. 

11- SEXO ILÍCITO Rm 1:18-32 
O casamento não legaliza práticas anormais de sexo como o mundo faz.
· Felantofilia – é sexo oral praticado pela mulher.
· Cumilingofilia – é sexo oral praticado pelo homem.
· Analfilia – é sexo anal ou sodomia. Há muitos casais crentes praticando a sodomia conjugal, pensando que o casamento neutraliza tais pecados, isso é um grande engano.
· Poucos casais estão livres de tabus ou inibições quanto a demonstrar ao conjugue que quer fazer amor. O ato sexual entre os conjugues deve ser visto como algo abençoado por Deus. No quarto de um casal que se ama, Deus se faz presente.
· Tudo começa com a higiene pessoal, do quarto, da cama. Salomão nos ensina fazer declaração de amor ao conjugue em Ct. 7.

CONCLUSÃO
“O ato conjugal entre um cristão que se ama é como o encontro das águas de um rio que andou quilômetros para achar o mar. À fonte do rio é o amor, e a água do mar, a realização.”


E Você o que acha? Opine!!!

0 comentários: