LINKS RECENTES
Loading...

CANDIDATO A PRESIDÊNCIA DOS EUA, DONALD TRUMP LANÇA NOVA VERSÃO DA BÍBLIA

À venda por US$ 80, a Bíblia Trump foi produzida em capa dura banhada a ouro e inclui um marcador de texto com uma foto autografada de Trump.
O único pré-candidato republicano à Casa Branca, Donald Trump, lançou uma nova tradução da Bíblia que promete fazer uma "melhoria" no texto sagrado.

Oficialmente intitulada como "The Art of the Trump American Version of the Bible" ("A Arte da Versão Americana da Bíblia de Trump”) ou apenas "Trump Bible" ("Bíblia Trump"), os primeiros exemplares foram disponibilizados para venda exclusivamente na rede de lojas Sharper Image.

Durante uma coletiva de imprensa, realizada em frente a uma grande faixa que dizia "faça o bom livro melhor ainda", Trump falou sobre a qualidade da tradução que sua Bíblia apresenta.

"Eu tenho um grande grupo de rapazes, quero dizer que realmente tenho um grande grupo de rapazes. Eles sabiam o que estavam fazendo, e eles fizeram um grande trabalho", disse Donald.

"Deixe-me apenas salientar, um dos tradutores era mexicano. E os outros? Vocês sabem quem eram? Negros. Vocês sabem por quê? Porque eu amo os negros e eu amo tortillas", acrescentou o candidato.

À venda por US$ 80, a Bíblia Trump foi produzida em capa dura banhada a ouro e inclui um marcador de texto com uma foto autografada de Trump.


DISTORÇÕES
Embora seja muito semelhante às tradicionais Nova Versão Internacional e King James, a Bíblia Trump toma, ocasionalmente, certas liberdades de interpretação em algumas passagens. 

O trecho em que Jesus diz "não podeis servir a Deus e ao dinheiro", por exemplo, foi editado para "você não pode servir a Deus e aos mamutes." 

Além disso, a declaração de Jesus que diz "é mais fácil passar o camelo pelo fundo de uma agulha do que entrar o rico no Reino de Deus" foi alterada para "é mais fácil um camelo ir até o Obelisco Espacial do que um rico entrar na Trump Tower". 

A Bíblia Trump foi recebida por diversas reações de líderes religiosos dos Estados Unidos. Muitos pregadores da prosperidade concordaram em vender o livro em suas igrejas em troca de uma comissão, segundo informa o site The Christian Post. 

Shout Newpork, porta-voz da Convenção Batista do Sul, fez ironias em relação ao livro. "Bem, pelo menos ele se lembrou de incluir ‘segunda Coríntios’ desta vez", disse ele, relacionando o fato de Trump ter mencionado o livro de 2 Coríntios como “dois Coríntios” durante uma palestra. 

Solcitiado para opinar sobre o novo livro, um bispo da Igreja Metodista Unida preferiu não se posicionar. "É importante notar que os Metodistas Unidos não são unânimes quanto à possibilidade ou não de Donald Trump reescrever a Bíblia", disse ele. 

Dezenas de milhares de exemplares da Bíblia Trump foram comprados, e a previsão é que esta se torne a tradução bíblica mais vendida do ano. 
(GuiaMe)

0 comentários: