LINKS RECENTES
Loading...

8 SINAIS DE QUE O ESTRESSE ESTÁ TE DEIXANDO DOENTE

AUTOAJUDA


Uma pesquisa da Associação Internacional do Controle do Estresse colocou o Brasil em segundo lugar entre os países com maiores níveis de estresse do mundo. O estresse pode impactar na saúde mental e física — se você reconhece algum desses sintomas, isso pode estar te deixando doente. Cuide-se!

Bolinhas em todo lugar

istock.com/Joel Carrilet

Se você se vê repentinamente coberto de brotoejas ou bolinhas vermelhas, o estresse pode ser o culpado. Quando o corpo experimento estresse em exceso (por um período curto ou longo), seu sistema imunológico fica maluco e seu corpo começa a liberar histamina para curar o seu problema. Se o estresse não vai embora, você está basicamente desenvolvendo uma reação alérgica e bum, começa a dar as bolinhas. Quando a sua imunidade está enfraquecida pelo estresse, sua pele pode ficar irritada por coisas às quais ela não tinha sensibilidade antes, como sabonete, calor e frio, loções ou sabão para roupas.

Seu peso varia muito

istock.com/Money Business Images

“O estresse libera o hormônio cortisol, que debilita a capacidade do corpo para processar o açúcar no sangue e também a forma como você metaboliza gorduras, proteínas e carboidratos, o que pode causar ganho ou perda de peso”, diz a Dra. Shanna Levine, da Icahn School of Medicine, de Nova Iorque (EUA). O estresse também pode levar pessoas a hábitos alimentares nocivos, como comer demais ou de menos.

Você fica tendo dores de cabeça

istock.com/Milenko Bokan

Se você nunca teve dores de cabeça mas de repente está sempre com ela latejando, pode ser estresse demais. Isso libera substâncias químicas que alteram os nervos e vasos sanguíneos no cérebro, o que faz surgir a dor de cabeça. Você já tem propensão a enxaqueca? O estresse pode dispará-la ou piorá-la. Também é comum que os músculos fiquem tensos quando você está estressado, o que pode ser também a causa da dor de cabeça.

Sua barriga não está legal

istock.com/Ohmega1982

O estresse pode abalar o funcionamento do seu trato gastrointestinal de diversas formas. Pode fazer o corpo produzir mais ácido digestivo, o que dá azia. “Também pode atrasar o esvasiamento do estômago, o que causa gases e inchaço e também aumenta as constrações intestinais, o que leva a cãibras e até diarreia”, diz a Dra. Deborah Rhodes, da Mayo Clinic.

Sempre resfriado

istock.com/Money Business Images

O estresse suprime o sistema imunológico, o que pode fazer você adoecer mais facilmente e te deixar com menos defesas para combater micro-organismos. “Quando as pessoas estão estressadas, ficam doentes. Pode ser um resfriado ou gripe, que aparecem porque os sistema imunológico não tem força para lutar contra o vírus”, diz a Dra. Levine. Pesquisadores na Carnegie Mellon University, em Pittsburgh (EUA) infectaram voluntários com o vírus do resfriado; aqueles que disseram sofrer mais com estresse tinham o dobro das chances de ficarem doentes do que os que disseram sofrer menos.

Você tem espinhas de novo!

istock.com/Lucky Business

Você pensou que a acne era um pesadelo adolescente que ficou no passado, mas de repente seu rosto está cheio de espinhas — e o estresse pode ser o causador. Quando estressado, seu corpo bombeia mais hormônios, como o cortisol, o que faz com que as glândulas da pele produzam mais óleo. Esse óleo em excesso fica preso nos folículos, juntamente com sujeira e pele morta, produzindo as espinhas.

Sua cabeça não funciona direito

istock.com/Solis Images

Conforme a Dra. Levine, o estresse pode te fazer doente da cabeça, também. Muito cortisol pode dificultar a concentração, causar problemas de memória e ansiedade ou depressão.

Seu cabelo está caindo

istock.com/Teresa Pigeon

Perder um pouco de cabelo é normal (os folículos antigos são substituídos por novos com o passar do tempo), mas o estrsse pode perturbar esse ciclo. O estresse significativo induz mais folículos a entrarem na chamada fase de descanso e, meses depois, aqueles cabelos caem. O estresse faz o sistema imunológico atacar os folículos capilares, resultando na perda do cabelo.

(Perfeito)

0 comentários: